Veríssimo

Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, não se alcança o coração de alguém com pressa. Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado. Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.



Conquistar um coração de verdade dá trabalho, requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança. É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade. Para se conquistar um coração definitivamente tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.

Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago..

Martha Medeiros

Eu sou feita de sonhos interrompidos, de detalhes despercebidos, de amores mal resolvidos. Sou feita de choros sem ter razão, de pessoas no coração e de atos por impulsão. Sinto falta de lugares que não conheci, de experiências que vivi e de momentos que já esqueci; Eu sou amor e carinho constante, distraída até o bastante.



E já tive noites mal dormidas, já perdi pessoas muito querida, cumpri coisas não prometidas . Nunca desistir sem ao menos tentar. Pensei até em fugir só pra não enfrentar, e sorrir para não chorar. Tenho saudades de pessoas que fui conhecendo, lembranças que fui esquecendo,amigos que acabei perdendo. Mais continuo vivendo e aprendendo...

Santa Chuva

Vai chover de novo, deu na TV que o povo já se cansou de tanto o céu desabar e pede a um santo daqui que reze ajuda de Deus, mas nada pode fazer se a chuva quer é trazer você pra mim. Vem cá que ta me dando uma vontade de chorar, não faz assim, não vá pra lá, meu coração vai se entregar à tempestade. Quem é você pra me chamar aqui se nada aconteceu? Me diz, foi só amor ou medo de ficar sozinho outra vez? Cadê aquela outra mulher? Você me parecia tão bem! A chuva já passou por aqui, eu mesma que cuidei de secar. Quem foi que te ensinou a rezar? Que santo vai brigar por você? Que povo aprova o que você fez? Devolve aquela minha TV que eu vou de vez. Não há porque chorar por um amor que já morreu. Deixa pra lá, eu vou. Adeus, meu coração já se cansou de falsidade.

— Marcelo Camelo.

Julio

Caetano - 20, São Luís, MA. Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso...

Pequeno Príncipe

Claro que eu vou te machucar. Claro que você vai me machucar. É claro que vamos machucar uns aos outros. Mas esta é a própria condição de...

Por Email

Marcadores

Procure

Postagens mais visitadas

Julio
• Template Por Sem Guarda-Chuvas • © Todos Os Direitos Reservados